Ninfeias Negras de Michel Bussi

by - quarta-feira, março 29, 2017

Título: Ninfeias Negras
Um assassinato nos jardins de Monet uma obra-prima desaparecida só três mulheres sabem o que aconteceu...
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Skoob: Adicione

Sinopse: Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, Claude Monet, um dos maiores nomes do Impressionismo, a imortalizou em seus quadros, com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho. É nesse cenário que um respeitado médico é encontrado morto, e os investigadores encarregados do crime se veem enredados numa trama em que nada é o que parece à primeira vista. Como numa tela impressionista, as pinceladas da narrativa se confundem para, enfim, darem forma a uma história envolvente de morte e mistério em que cada personagem é um enigma à parte - principalmente as protagonistas. Três mulheres intensas, ligadas pelo mistério. Uma menina prodígio de 11 anos que sonha ser uma grande pintora. A professora da única escola local, que deseja uma paixão verdadeira e vida nova, mas está presa num casamento sem amor. E, no centro de tudo, uma senhora idosa que observa o mundo do alto de sua janela.


  Esse livro me causou uma mescla de sentimentos, durante a leitura foi tudo comum, uma leitura que apenas seguia seu curso normal, mas chegando ao final e compreendo algumas resoluções eu realmente fiquei meio chocada, meio arrepiada, meio decepcionada e meio sei lá haha.
  Na pequena e pacata cidade de Giverny, situada em um pequeno pedaço da França, acontece um assassinato brutal. Um habitante é violentamente assassinado e o investigador Laurenç Sérénac junto de seu assistente e também novo amigo Sylvio Bénavides, fica a cargo de investigar e descobrir quem foi. Porém esse crime parece ter relação com muitas pessoas e dentre elas estão 3 mulheres, de idades diferentes, personalidades diferentes e vidas que seguem de modos diferentes.
   Eu queria muito poder descrever tudo o que senti lendo a obra e o máximo que consigo dizer é que o inicio é meio lento, vagaroso, cheio de histórias, um vai e vem sem fim de teorias e possíveis culpados, mas com o decorrer vamos nos surpreendendo com o desenrolar de tudo e a escrita envolvente do autor. Mas acho que houve uns pequenos pecados em relação a um personagem. Sérénac, é muito inteligente e conduz bem sua investigação, mas suas questões pessoais se sobressaiam sobre a investigação e mesmo compreendendo que como todo ser humano estamos propensos a essas coisas, ainda senti falta de um foco maior na investigação em si, aquele momento de ‘’agora vai’’ e vamos vendo o desenrolar ocorrendo e não somente isso, senti que o personagem era forçado, não consegui criar conexão com ele ou aceitar como tudo em relação a ele seguia pela história.  Fanette e Stéphanie são duas personagens curiosas, ambas com idades bem diferentes que compartilham o desejo de se libertar daquela cidade pequena e longe de tudo. A nossa narradora sem nome, é uma viúva, ou quase viúva que traz ao leitor um sutil toque de melancolia, sua tristeza por ser apenas uma mera observadora das vidas que lhe são alheias.

“Uma Vida inteira acumulando reproduções. Sem descendentes. ”

  Bussi criou um contexto histórico muito bonito de ser lido, uma cidade envolvida por arte, fixada na história de um grande pintor e da fama que o mesmo conquistou com um tempo e que rendeu aos habitantes manias e culturas além do que podíamos esperar.
  Ninféias negras é bem ambientado, estruturado e cheio de lugares bonitos narrados pelos olhos de uma pessoa que ama sua terra. Tem um desfecho incrível da investigação, surpreende qualquer um que leia e se envolva na história, mas suas páginas finais não são exatamente o que o livro prometia, porém ainda assim o livro cumpre ao envolver o leitor, prende-lo a história, aos personagens, e aquela pequena e solitária cidadezinha esquecida pelo resto do mundo e apenas lembrada pelos fãs de Monet.

Nota:








You May Also Like

15 comentários

  1. Oii Taurina!
    Realmente algumas histórias está nos trazendo inicio meio lento, sou daquele tipo de pessoa que já quer a bomba de primeira rsrs. Adorei sua resenha e fiquei super curiosa para ler o livro, não conhecia ele e achei a capa lindíssima.
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  2. Eu vi tantas resenhas elogiando a obra que criei uma expectativa danada.
    Mas gostei da sua sinceridade em apontar as falhas.
    Pretendo ler ainda este mês e vamos ver o que vai dar <3

    ResponderExcluir
  3. Oie! O único contato que tive com essa obra foi através da sinopse, quando a editora mandou os lançamentos, mas depois de ler sua resenha, fiquei arrependida de não ter solicitado, porque acredito que eu teria me envolvido bastante. Que pena que para você a experiência não foi muito boa...

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart

    ResponderExcluir
  4. Oi, Paac!

    Essa coisa de o personagem ser meio forçado e de outro ter um toque sutil de melancolia me brochou por completo.... ahahahaha. Detesto livros onde percebo que o personagem é forçado. A leitura não flui, fica tudo artificial e a gente percebe que a narrativa é só encheção de linguiça. E também não estou num momento pra ler melancolia, então, apesar de a capa do livro ser linda e a premissa ser interessante, acho que não vou querer ler.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Mano gosto muito de livros assim, com mortes, investigação e tal... Gostei bastante da resenha, acho que seria uma boa lê-lo, e a capa do livro é bem interessante!!

    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu ouvi várias opiniões sobre esse livro e estava me animando a tentar a leitura. Mas a sua nota deu uma diminuída no hype hahaha A premissa parece interessante, maaaaas... Um beijo :*

    www.fleurdelune.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Tenho visto alguns blogs falando sobre este livro, mas apenas pelas resenhas lidas eu já concordo com a sua opinião, mas acho que o livro é só médio, cumpre apenas o proposto e nada supreendente, como vc bem destaca ao final, então não me interessei na leitura.
    Beijos
    Resenha de Peça-Me o Que Quiser

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor! Sabe que esse livro está na minha lista? Com a sua resenha, minha ansiedade só aumenta. Já li dois blogs falando sobre isso e confesso: é um dos poucos lançamentos da editora que me chamaram a atenção. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  9. Poxa, que pena que a leitura não foi assim tão proveitosa. Pra falar a verdade, é a primeira vez que vejo críticas ao final dele :s
    Enfim, esse é um livro que quero muito ler, primeiramente pela capa (nem sabia do que se tratava e já queria) e depois por saber que é suspense.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Só três estrelas? Agora estou bastante curiosa com o final, também estou lendo e gostando.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Estou com esse livro aqui, pronto para ser lido! E cada resenha que leio me deixa mais ansiosa para fazer ele pular de lugar na fila. Sua resenha me deixou mais curiosa! Parabéns, beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tudo bom? Não sei porque mas esse livro não me despertou a vontade de lê-lo, a premissa é interessante mas sei lá. Sua resenha maravilhosa como sempre. Dessa vez deixo a dica passar.
    Beijos.
    Meu Livro Fantástico | Facebook

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    É interessante saber que a obra causou-lhe tantas emoções que você não consegue descrever ao certo! Me deixa um pouco apreensiva saber que o inicio é lento, mas é legal que depois ele começa a fluir melhor por conta da escrita envolvente do autor.
    A premissa é intrigante e estou curiosa para saber quem realmente é o autor do crime.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  14. Bom, o livro realmente me prendeu o tempo todo e adorei acompanhar as descrições que temos nele, mas acabei me decepcionando com a leitura. Achei a ideia do final incrível sim, mas simplesmente não consegui achar que se encaixou na história.

    ResponderExcluir
  15. Oi Paac!
    Gostei muito da sua resenha, mas devo confessar que o livro não chamou muito a minha atenção, apesar de ter gostado bastante do enredo.

    Bjs!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.